Shadow

Argentina ataca mineradoras de criptomoedas usadas em esquema de importação

bitcoin mineracao

A Receita Federal Argentina apreendeu milhares de máquinas de mineração de criptomoedas depois de descobrir um mecanismo de superfaturamento nas importações enviadas da China para a cidade de La Plata.

O caso aconteceu com uma importação recebida em Ezeiza, província de Buenos Aires, onde surpreendentemente os fiscais encontraram uma diferença de 5 milhões de dólares entre o preço da fatura e o preço dos produtos vendidos no mercado.

De acordo com os funcionários aduaneiros argentinos, 2.233 mineradoras de criptomoedas estavam cotadas a uma média de 10.000 dólares cada em documentos de importação.

Segundo o portal Infobae, os fiscais registaram uma diferença de 21,9 milhões de dólares após examinarem o preço de mercado do equipamento nos terminais da agência.

cadeia bitcoin 1

A Direção Geral de Aduanas divulgou que “Notamos que o preço real da mercadoria está numa diferença enorme do valor declarado no ponto de inspeção, variando entre $5,770 e $7,420. Além disso, ao acessar a base de dados aberta para comprar esta mercadoria, os preços também diferem: de USD 6,316 a USD 7,700″. E acrescentou: “Com base nestes valores, os preços inflacionados de todas as importações estão estimados em cerca de 5 milhões de dólares.”

Outros crimes com criptomoedas estão sendo investigados

O DGA também está investigando uma relação entre um cidadão argentino, responsável por uma sociedade de responsabilidade limitada com sede nos EUA, e um empregado de um banco argentino que presta serviços à sociedade de responsabilidade limitada.

argentina criptomoedas energia

O esquema foi exposto pela DGA pela primeira vez devido à diferença cambial muito elevada nas importações da empresa de criptomoedas, que alegadamente tinha um valor irregular que diferia do valor de mercado.

O caso foi remetido ao Tribunal Penal Econômico Nacional de Buenos Aires, que deferiu o pedido de vistoria nos equipamentos.

Mais notícias em breve!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.