Shadow

Bitcoin vai a US$ 30 mil após maior recuo em 8 anos

bitcoin cai 4

As coisas não estão bem para o BITCOIN – BTC. O criptoativo está enfraquecido durante essa onda mundial de aversão ao risco. O BTC continua seu período de queda que já passa de seis semanas, a maior sequência desde 2014, e é negociado próximo dos US$ 30 mil na tarde desta segunda-feira (9).

Na última sexta-feira (06/05), bateu por volta de US$ 33 mil. Em relação à máxima histórica de US$ 69 mil, registrada em novembro, o BTC desvaloriza aproximadamente 55%.

A queda do Bitcoin já era esperada

BITCOIN PREJUIZO 3

Embora grande, a queda já era esperada por especialistas, que há semanas apontam os desafios impostos aos ativos de risco pelo cenário macroeconômico, com uma espécie de aperto monetário sem precedentes promovido pelo Federal Reserve (Fed), o banco central dos Estados Unidos.

Outras criptomoedas também estão com a cotação baixa, acompanhando a tendência.

O analista também não descarta “um salto no curto prazo” com a proximidade do vencimento das opções de maio, de aproximadamente US$ 1,3 bilhão, na bolsa de futuros.

criptomoedas 6 3

O que também pode ser um dos indicativoss paraa acalmar os investidores é o indicador RSI (sigla em inglês para índice de força relativa), que indica o maior nível de sobrevenda do BTC desde 24 de janeiro.

O evento que originou a recente queda foi o aumento dos juros em 0,5 pontos porcentuais pelo Fed Reserve, além de declarações de Jerome Powell na última quarta-feira. Em entrevista para comentar as decisões do Fomc, o presidente do Fed disse que estaria disposto a enfrentar recessão para conter a inflação que aumenta consideravelmente.

Mais notícias em breve!

FONTE

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.