Shadow

Bitcoin cai abaixo de US$ 29 mil e aumenta pessimismo do mercado

BITCOIN PREJUIZO 3

As coisas não parecem estar melhorando para o Bitcoin. A criptomoeda está amargando uma fase ruim e isso pode estar começando a deixar de cabelos em pé os traders menos experientes que não estão acostumados as oscilações do mercado.

O que aconteceu na verdade foi que tivemos mais um dia de sell-off em ações de tecnologia chinesas. Nessa história, o Bitcoin (BTC) se encontra mais uma vez – infelizmente – em uma posição enfraquecida e caindo, com um valor abaixo de US$ 29 mil nesta manhã.

A criptomoeda mais forte do mercado digital chegou a ser negociada a US$ 28.735 na noite de ontem e, às 7h05, vai a US$ 28.984. Em 24 horas, o BTC registra queda de 3,3%.

As outras criptomoedas além do BTC, as altcoins, tiveram nessa sequência novamente desempenho pior que a principal moeda digital do mercado e recuam forte hoje.

bitcoin criptomoedas luna

O mercado das criptomoedas, perdeu uma capitalização valiosa, por volta de 3%, para menos de US$ 1,3 trilhão, acompanhando a bolsa americana ontem – 18/05 – após resultados de empresas de consumo como a Target serem anunciados bem abaixo do esperado. Isso resultou em um recuo de mais de 22% nos papeis da gigante varejista.

Como no mercado digital tudo está ligado, o fraco desempenho de empresas americanas – no melhor estilo “efeito borboleta” – afetou bastante as bolsas asiáticas, que caíram puxadas pelas ações de tecnologia chinesas.

A empresa Tencent, por exemplo, teve que amargar seus menores aumentos de receita desde 2014, e suas ações caíram 8% na sessão de ontem 18/05. Mantendo alta correlação com papeis de tecnologia, o Bitcoin aprofundou a queda de ontem.

Porém, nem tudo foi perda. Entre os criptoativos que se capitalizaram mais, os destaques negativos ficam por conta de Cardano (ADA) e Solana (SOL), que cedem perto de 10%. Já o Ethereum (ETH), segunda maior cripto por valor de mercado, cai 5,3% e perde os US$ 2 mil, indo a US$ 1.925.

criptomoedas 6 4

O CEO da Autonomy, James Key fez o seguinte comentário:

“O mercado continua sua atual trajetória de baixa. As criptomoedas como ativos exóticos de risco e, à medida que entramos em recessão, esses ativos são os primeiros a serem vendidos por esses players.”

key observou também que o número de carteiras de criptomoedas com pequenas quantidades de BTC ultrapassou 10 milhões pela primeira vez.

Para relembrar, precisamos considerar que o momento ruim do mercado das criptomoedas também foi turbinado pelas declarações do presidente do Federal Reserve (Fed), Jerome Powell, que prometeu continuar o aperto monetário até que a inflação diminua.

Quando o Bitcoin vai se recuperar?

comprar bitcoin

Como consequência, a maior parte dos analistas de cripto esperam pela continuidade da correção de preços, caso as condições atuais do mercado continuem. Quem sabe o Bitcoin não se recupera logo?

Na opinião do CEO do banco de criptomoedas Galaxy Digital, Mike Novogratz, aqueles que esperam uma recuperação ráoida em “V” no mercado vão ficar muito desapontados, segundo ele, o otimismo precisa considerar o ramo do setor e ser a longo prazo:

“Será necessária uma reestruturação, um ciclo de resgate, consolidação e confiança renovada nas criptomoedas. As criptomoedas se movem em ciclos, e acabamos de testemunhar um grande”.

ANTES DE IR, LEIA TAMBÉM NOSSOS POSTS:

LUNA dispara com plano de recuperação, mas volta a cair
Exchanges estrangeiras de criptomoedas apostam ALTO no Brasil
Metaverso DISPARA com o fim da LUNA
CEO da Terra tem plano de restauração para SALVAR Luna
Princípios básicos das criptomoedas
Como investidor de Bitcoin fez R$ 1 milhão em 10 anos com R$ 100 mensais
Bitcoin perde US$ 30 mil em novo dia de criptomoedas em baixa
G7 vai discutir regulação de criptomoedas nesta semana
Mineração de Bitcoin sobrevive mesmo com proibição na China
G7 vai discutir regulação de criptomoedas nesta semana
Portugal começará a tributar criptomoedas em breve
Argentina combate mineração de criptos aumentando preço da energia elétrica

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.