Shadow

Corretora acusa criador do Bitcoin Cash de calote de US$ 47 milhões

Corretora acusa criador do Bitcoin Cash de calote de US$ 47 milhões

A CoinFLEX, uma das várias plataformas de negociação de criptomoedas que congelaram os saques de clientes este mês, não está enfrentando problemas gerais de liquidez. O CEO da corretora, Mark Lamb, acusou Roger Ver, o ‘Jesus do Bitcoin’, de ser o único responsável pelos problemas financeiros da empresa.

O antigo defensor do Bitcoin (BTC), que acabou se voltando para a criação e popularização do Bitcoin Cash (BCH), um ‘hard fork’ do Bitcoin, terá dado à firma de corretagem um calote de 47 milhões de dólares.

“Roger Ver deve $47 milhões USDC à CoinFLEX”, foi postado no Twitter por Lamb na terça-feira (28/06). “Ele é pessoalmente responsável pelo saldo negativo na sua conta CoinFLEX e tem um acordo escrito que o obriga a cobrir esse saldo regularmente”.

O ‘Jesus do Bitcoin’

Lamb afirma que Vel já foi apelidado de “Jesus do Bitcoin” por ser um antigo defensor da criptomoeda, não está honrando o acordo e a Coinflex já o enviou um aviso de inadimplência.

bitcoin 4

Os comentários do CEO corroboram os rumores que circularam pela primeira vez por um usuário do Twitter chamado ‘FatManTerra’. Quando o boato se espalhou, Ver foi até o Twitter para negar a acusação.

“Estes rumores são falsos. Não só não devemos nada a este parceiro de negócios, como este parceiro de negócios nos deve uma quantia substancial de dinheiro e estamos atualmente à procura da devolução dos fundos,” postou Ver também ontem (28/06).

bitcoin cai

Lamb respondeu indiretamente às acusações de Ver como “absurdamente falsas” e acrescentou: “É lamentável que Roger Ver precise de recorrer a tais tácticas para se distrair dos seus deveres e responsabilidades”.

Mais notícias em breve!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.