Shadow

Criptomoedas: Como INVESTIR?

criptomoedas como investir

Muitos termos podem ser usados para definir as criptomoedas. Mas como investir? Desde que o bitcoin nasceu, lá no fim de 2008, esse mercado vem crescendo e está cada vez mais popular. Diariamente vemos o aumento das pessoas pelos ativos digitais, muitas pessoas querem entender como investir em criptomoedas.

nesse post vamos te mostrar que investir em criptomoedas sozinho é possível, mas, assim como em qualquer outro investimento, exige muito estudo e cautela.

É preciso entender como as criptomoedas funcionam, quais as particularidades de cada projeto e como escolher uma corretora especializada nesse tipo de transação que é bem delicada.

Como investir em criptomoedas?

Hoje em dia já existem algumas maneiras de investir em criptomoedas. Esse é um mercado que tem se expandido cada vez mais, diariamente, sendo incorporado inclusive pelo mercado financeiro tradicional.

Por exemplo os ETFs (Exchange Traded Funds) de criptomoedas, que são fundos de índice negociados na Bolsa de Valores e que acompanham os preços das moedas digitais. 

Hoje, no mercado financeiro global, existem alguns índices que acompanham as cotações das moedas digitais. Eles são usados como referência para os ETFs. Alguns dos mais conhecidos são:

  • Índice de bitcoin dos contratos futuros da Chicago Mercantile Exchange (CME);
  • Nasdaq Crypto Index (NCI);
  • Índice S&P Bitcoin Index;
  • S&P Ethereum Index;
  • S&P Crypto Mega Cap Index.

Por consequência, caso o índice de cripto usado como referência se valorize, o ETF também vai valer mais. E o contrário também acontece!

Além dos ETFs, já existem fundos de investimento focados apenas nas criptomoedas. Nesse tipo de aplicação – como recomendado em outras aplicações – a estratégia é diversificar a carteira de investimentos com criptos com potencial de valorização.

criptomoedas como investir

Mas como faço para poder investir em criptomoedas diretamente?

É simples: Existem duas maneiras de comprar criptos diretamente: pelo peer-to-peer, ou seja, negociando com outras pessoas sem qualquer intermediário, ou por meio de corretoras especializadas, chamadas de exchanges. Confira abaixo as duas formas e como elas funcionam:

Peer-to-peer

Nesse formato de transação são utilizadas plataformas exclusivas. No sistema peer-to-peer, um comprador entra em contato com o vendedor e cota o valor ou a quantidade de moedas digitais que deseja comprar. Caso o vendedor aceite o preço, o comprador faz o pagamento e dá prosseguimento a operação. 

O vendedor então espera a confirmação de que o dinheiro está na conta e após confirmar, envia as criptomoedas. O comprador também pode receber primeiro as criptos e só depois fazer o pagamento. Tudo vai depender das regras acordadas antes da negociação. 

Entre as vantagens de negociar com outras pessoas estão a agilidade e a ausência de taxas. Porém, devemos destacar para cuidado redobrado, pois o aumento de golpes fez muitos investidores evitarem esse tipo de transação. Comprar as criptomoedas por meio de uma corretora especializada é uma opção mais simples se esse for o seu caso.

criptomoedas como investir

Exchanges

As exchanges, ou corretoras, são responsáveis por intermediar a negociação, conectando os investidores ao mundo das moedas digitais. Esse método é muito mais seguro.

Quando quer começar a comprar uma quantidade de criptomoeda, o usuário precisa preencher um cadastro com dados pessoais e abrir uma conta em uma dessas corretoras especializadas. Em geral, todo o processo é online. Mas a exchange pode pedir cópias de alguns documentos como identidade e comprovante de residência, algumas vezes, comprovante de renda.

Logo depois, é necessário transferir dinheiro de verdade para a conta e, então, concluir a negociação. A maioria dessas instituições permite enviar dinheiro de verdade por meio de transferência bancária, via TED ou PIX, e até fazer investimentos com cartão de crédito ou débito. 

Elas também costumam cobrar taxas para executar essa intermediação para se manter. Depois de escolher e comprar uma criptomoeda, você precisa decidir onde vai guardar o seu ativo.

Mas esse assunto será abordado aqui mesmo no Portal Criptomoedas Digital em breve e em outro post mais detalhado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.