Shadow

G7 vai discutir regulação de criptomoedas nesta semana

criptomoedas

As criptomoedas serão o foco da próxima reunião do G7 que deve acontecer ainda esta semana. os sete países mais industrializados do mundo se reunirão na durante a semana na Alemanha e devem debater sobre a regulamentação dos ativos digitais e de outros assuntos.

Criptomoedas em foco

A regulação das criptomoedas já vinha sendo cobrada, isto é, os países já pretendiam se reunir para chegar a um denominador comum no que se refere a regras de ativos digitais.

O presidente do banco central francês, Francois Villeroy de Galhau declarou em uma conferência sobre países emergentes nesta terça-feira, 17:

“O que aconteceu no passado recente é um chamado urgente para uma regulação global. A Europa pavimentou o caminho com um padrão de regulação para os criptoativos e nós provavelmente… discutiremos essas questões, além de outras, no encontro do G7 desta semana”.

economia 2

A reunião terá a presença de representantes da Alemanha, Canadá, Estados Unidos, França, Itália, Japão e Reino Unido. Será debatido a visão dos ativos digitais, abordando temas como o status de todas as principais moedas, assim como as stablecoins (mencionadas indiretamente por Villeroy em sua declaração) e as operações de plataformas de mineração e negociação.

No Brasil, a regulação de ativos digitais também caminha para um futuro promissor. O Senado aprovou no final do mês passado o projeto de lei 3.825/2019, que vai regulamentar as operações com criptomoedas no país.

O senador Flavio Arns (Podemos-PR) é o autor do projeto de lei que tem como foco principal proteger investidores de possíveis crimes cometidos usando essa categoria específica de ativos.

O projeto também incentiva incentiva a redução do impacto ambiental causado pela mineração das criptomoedas (alto consumo de energia) e ao mesmo tempo retira as criptos da fiscalização da CVM. O Banco Central do Brasil será o responsável por essa categoria específica de ativos digitais segundo o projeto.

bitcoin 3

No mundo todo, os países com suas agências reguladoras, correm contra o tempo para ao mesmo tempo tentar acompanhar e fiscalizar as operações de ativos digitais.

Recentemente, tivemos o caso LUNA onde milhares de investidores perderam muito, alguns perderam tudo. O mercado continua assustado e retraído.

Janet Yellen, ex-presidente do Fed e atual Secretária do Tesouro norte-americano, declarou em uma audiência perante o senado dos EUA que “Com as stablecoins, vemos riscos que podem afetar a estabilidade financeira, riscos associados com o sistema de pagamentos e sua integridade, e riscos associados com a concentração crescente em stablecoins emitidas por empresas que já tenham poder substancial no mercado”.

vamos continuar acompanhando de perto o assunto.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.