Shadow

Mercado Bitcoin lançará time de futebol próprio gerido no metaverso

mercado bitcoin time de futebol metaverso 1

Boas Notícias para os 3,5 milhões de clientes da corretora Mercado Bitcoin: Eles receberão graça um token que dará direito a influenciar no processo de tomada de decisões da agremiação!

O anúncio feito hoje – 27/05 – pela Mercado Bitcoin fala da intenção de lançar um time de futebol próprio com uma gestão pioneira e com base baseada em ativos digitais no metaverso.

Tudo indica que o lançamento oficial do time será entre novembro e dezembro deste ano, durante a Copa do Mundo. E mais, teremos as duas categorias, masculina e feminina, que estão previstas para 2024.

A criação de uma Organização Autônoma Descentralizada (DAO) é o ponto de partida, essa instituição ganhou destaque em 2021 como uma nova forma de administrar projetos de criptomoedas.

O interessante é que a tomada de decisões nesse sistema é feito por todas as pessoas que possuírem tokens oficiais do projeto.

dolar digital 1

Mercado Bitcoin também divulgou informações sobre os tokens

O Mercado Bitcoin também divulgou que os tokens serão vendidos para financiar a comissão técnica e as peneiras que serão realizadas já em 2023. Como afirmado acima, os 3,5 milhões de clientes da exchange receberão os ativos de graça, em um airdrop.

Sérgio Veiga, diretor de patrocínios do Mercado Bitcoin explicou como vai funcionar:

“A expectativa é definir em janeiro de 2023 a comissão técnica, para fazer entre março e junho, uma peneira nacional, passando por todos os estados brasileiros em busca de talentos para formar as equipes sub-21, tanto masculino quanto feminino”.

TODOS os detentores de tokens – podendo ser de origem através de compra ou recebidos via airdrop – participarão do processo de construção do time. Tudo será escolhido: nome do time, cores, uniformes, numeração, jogadores, mascote…

Até o momento, o nome provisório do time é Metaverse DAO Football Team.

“Queremos mostrar que existe uma maneira muito mais inteligente de gerir uma equipe e estamos certos de que esse caminho é possível”.

Explicou Veiga.

criptomoedas 5

Quem possuir o token, também poderá vender o ativo digital no mercado secundário, mas caberá ao coletivo de participantes da DAO se o valor obtido ficará integralmente com o proprietário ou se será, por exemplo, repartido entre todos ou direcionado para os cofres do clube. Isso ainda não foi definido.

A gestão descentralizada será formada iniciantemente por detentores de 100 milhões de tokens. As primeiras unidades dos tokens serão emitidas no lançamento, durante a Copa do Mundo do Qatar, e o restante em 2023 aproveitando que o mundo estará de olho no futebol.

criptomoedas brasileiras 1 1

lembrando que essa inciativa não é nova no Brasil. Em abril deste ano, financiada com a fortuna do príncipe do Bahrein, uma holding comprou o clube mineiro Ipatinga Futebol Clube com o mesmo plano: descentralizar a gestão utilizando criptoativos.

Mais notícias em breve!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.