Shadow

Princípios básicos das criptomoedas

Criptomoedas 4

Principiante nas criptomoedas? Não por muito tempo, comece por estes guias e explicações com os princípios básicos das criptomoedas.

Confira os princípios básicos das criptomoedas

O que é criptomoeda?

Bitcoin, Ethereum e outras criptomoedas estão a revolucionar a forma como investimos, aplicamos e utilizamos o dinheiro. Para saber mais, leia o guia para principiantes.

Princípios básicos das criptomoedas

No seu núcleo, a criptomoeda é, normalmente, dinheiro digital descentralizado criado para ser utilizado na internet. Bitcoin, lançada em 2008, foi a primeira criptomoeda e permanece, de longe, a maior, mais influente e a mais conhecida. Na década que se seguiu, Bitcoin e outras criptomoedas, tais como Ethereum, cresceram como alternativas digitais ao dinheiro emitido por governos.

O que é o Bitcoin?

btc

A primeira criptomoeda vastamente adotada no mundo. Com o Bitcoin, as pessoas podem enviar de forma segura e direta dinheiro digital na internet.

Bitcoin foi criado por Satoshi Nakamoto, um pseudónimo para a pessoa ou equipa que criou a tecnologia num livro branco de 2008. É um conceito muito simples: bitcoin é dinheiro digital que permite transações peer-to-peer seguras na internet.

O que é Ethereum?

criptomoedas baratas e promissoras

O Ethereum é a segunda maior criptomoeda por capitalização total do mercado a seguir ao Bitcoin. É também uma plataforma de computação descentralizada que pode ser executada numa grande variedade de aplicações, incluindo todo o universo de DeFi.

Princípios básicos das criptomoedas

O que é um blockchain?

As criptomoedas, tais como Bitcoin e Ethereum têm como base uma tecnologia denominada blockchain. Na sua forma mais básica, um blockchain é uma lista de transações que qualquer pessoa pode ver e verificar. O blockchain Bitcoin, por exemplo, contém um registo de cada vez que alguém enviou ou recebeu bitcoin. As criptomoedas e a tecnologia de blockchain que as capacita tornam possível transferir valor online sem a necessidade de um intermediário, tal como um banco ou empresa de cartões de crédito.

Após conhecer os princípios básicos das criptomoedas, você agora precisa se aprofundar no assunto, clicando aqui.

Fonte

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.