Shadow

Ucrânia usará NFTs para salvar sua cultura 

nfts 1

NFTs! A Ucrânia parece ter encontrado um meio muito interessante e seguro de salvar parte de sua cultura. Segundo o presidente da Blockchain Association of Ukraine, ‘Neste momento, museus e locais culturais estão sendo destruídos por foguetes’. Então o que fazer?

Entre milhares de bombardeiros e ataques de militares russos, o país precisava encontrar alguma forma de preservar as maravilhas arquitetônicas, museus e outros locais culturais. A Ucrânia então, planeja digitalizar “cada peça de arte ou história” que puder, anunciou Michael Chobanian, presidente da Asssociação Blockchain da Ucrânia, na Consensus 2022 no sábado.

O plano foi criado semanas atrás, durante alguns drinks em um pub no Soho, bairro de Londres (Inglaterra).

Quando o ataque russo começou a Ucrânia já havia começado a planejar angariar fundos para a guerra por meio de NFT, os tokens criptográficos que dispararam em popularidade no ano passado, acumulando dezenas de bilhões de dólares em valor globalmente.

blockchain 1

Para começar, a Ucrânia precisava de um meio para fazer as vendas e o formato NFTs era o parceiro certo, declarou Isaac Kamlish a seus amigos:

“Hoje estamos anunciando um novo projeto destinado a como salvar o DNA do povo ucraniano, a cultura ucraniana e a história ucraniana. Neste momento, eles estão bombardeando museus, igrejas e locais culturais. Então, antes que eles sejam destruídos… vamos digitalizar cada peça de arte ou história que temos nos museus. Vamos fazer em NFT e colocar na blockchain”.

Seguindo o plano, a Ucrânia alavancou cripto e blockchain para financiar sua defesa contra a invasão dos russo.

O valor que foi arrecadado até o momento é de US$ 135 milhões em cripto de doadores de todo o mundo até a primeira quinzena de maio, segundo números da Crystal Blockchain.

O anúncio de Chobanian foi feito ao lado de seu novo parceiro no plano NFTs, Alex Bornyakov, vice-ministro de Transformação Digital da Ucrânia e porta-voz de fato do governo em cripto.

O local utilizado foi um painel intitulado “Cripto em guerra: por trás do histórico de fundos cripto da Ucrânia”.

como criar um nft

Projeto NFTs não partiu do governo

Vale lembrar que esse projeto não é uma iniciativa do governo, mas partiu da comunidade de blockchain da Ucrânia.

Illia Polosukhin – que fundou o NEAR Protocol – também estava no mesmo painel no momento da notícia e contou depois que a NEAR será a primeira parceira blockchain do projeto. “É extremamente importante trazer toda a herança ucraniana em cadeia e oferecê-la ao mundo e preservá-la para sempre”, afirmou Polosukhin.

E esse formato ainda tem um bônus: a “NFT-ização” dos artefatos da Ucrânia também mostrará a todos “o que está sendo mantido” e ainda impede que funcionário corruptos do governo tentem roubar itens durante esses tempos de guerra, acrescentou Chobanian.

Digitalizar e colocar determinados artefatos em uma blockchain servirá como prova de que o artefato existiu. Esse projeto fornecerá uma janela digital para o DNA cultural da Ucrânia, porque no futuro qualquer pessoa de qualquer lugar poderá ver os itens como NFTs e mais: tudo em um só lugar.

NFTs 2 1

“É um projeto nacional, não um projeto privado; é o que fazemos como a Associação Blockchain da Ucrânia e desta forma ninguém pode excluí-lo”

Declarou Chobanian.

O NFT inicial do governo será do Museu MetaHistory NFT da Ucrânia, criado para preservar fatos sobre a guerra destinados a desafiar a “campanha de desinformação de Putin”.

Todos os NFTs comprados nessa plataforma serão usados ​​para financiar o mais recente projeto de preservação de NFTs. Isto é, o projeto irá se multiplicar.

O governo da Ucrânia precisava mesmo dessa ideia e de outras, focando no universo das criptomoedas!

Mais notícias em breve!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.